Atividade turística em 2017: Algarve alcança novos recordes anuais

Atividade turística em 2017: Algarve alcança novos recordes anuais

Atividade turística em 2017: Algarve alcança novos recordes anuais

Artigo de Redação

Os resultados preliminares da atividade turística para conjunto do ano de 2017 foram hoje divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Com um total de 19 milhões de dormidas (+5,3% ou 963 mil dormidas a mais do que em 2016), 1028 milhões de euros de proveitos totais (+13,2% ou 119,7 milhões de euros a mais) e 4,1 milhões de hóspedes (+5,1% ou mais 200 mil hóspedes), o Algarve superou os máximos anteriores e registou novos recordes anuais.

Dormidas

Em Portugal, os estabelecimentos hoteleiros registaram 57,5 milhões de dormidas em 2017, pelo que a região algarvia, com 19 milhões, consolidou uma quota de mercado de 33,1 por cento. No Algarve, o mercado interno contribuiu com 4 milhões de dormidas (+3,7% ou um aumento de 142 mil dormidas) e os mercados externos com 15 milhões de pernoitas (+5,8% ou um acréscimo de 821 mil dormidas). Na região, as dormidas de estrangeiros representaram 79 por cento do total, estimando-se que todos os principais emissores tenham crescido neste indicador turístico.

Proveitos

No país, em 2017, os proveitos totais aumentaram 16,6 por cento e todas as regiões registaram aumentos nos proveitos, destaca o INE. Com 1028 milhões de euros de proveitos totais, os estabelecimentos hoteleiros do Algarve asseguraram uma quota de 30,3 por cento. Na região, os proveitos de aposento ascenderam aos 762 milhões de euros (+14,2%).

Hóspedes

De igual modo, todos os destinos nacionais atraíram aos estabelecimentos de alojamento turístico mais hóspedes ao longo de 2017, num total nacional de 20,6 milhões de hóspedes, a que corresponde um aumento anual de 8,9 por cento. Neste indicador, a quota de mercado do Algarve é de 20 por cento.

Aeroporto

O Aeroporto Internacional de Faro fechou o ano de 2017 com 8,7 milhões de passageiros movimentados. Este volume compara com os 7,6 milhões de passageiros do ano anterior, resultando numa variação homóloga de 14,4 por cento ou cerca de 1,1 milhões de passageiros a mais do que em 2016. Por mercado, o Reino Unido (+11,1%) representou metade dos passageiros movimentados, seguido da Alemanha (+21,8%), como uma quota de 12,3 por cento. Irlanda (+6,5%), Holanda (+10,2%) e França (+39,7%) fecham o top-5.

Golfe

Os campos de golfe voltaram a bater recordes na região em 2017, ao registarem 1.340.891 voltas de golfe, um incremento de 5 por cento face ao ano anterior. O mês de outubro foi o preferido dos golfistas, acumulando um máximo histórico de 170 mil voltas (+6%). O Algarve vale agora cerca de 70 por cento do total nacional de voltas de golfe.

O presidente da Região de Turismo sublinha a «excelente performance da hotelaria do Algarve ao longo dos últimos cinco anos, dando um passo gigante dos 14 milhões para os 19 milhões de dormidas e dos 600 milhões para mais de mil milhões de euros de proveitos». Desidério Silva salienta ainda o «crescimento sustentado do setor fora da época alta do verão, fruto da aposta diversificada no turismo de natureza, na cultura e na gastronomia e vinhos, além dos campos de golfe internacionalmente premiados e do principal atrativo turístico da região, as melhores praias da Europa».

Compartilhe o artigo

Top