página anterior
página seguinte
Halong Bay - Baía onde desceu o dragão
Monolitos de calcário Halong Bay

Localizada no litoral norte do Vietname, é certamente uma das maravilhas naturais deste país. Trata-se de uma enorme baía mágica e de grande beleza, onde mais de três mil ilhotas de rocha calcária se levantam de forma impressionante das águas do mar.

Halong Bay, que literalmente significa “baía onde desceu o dragão”, é Património Mundial da Unesco e situa-se na província de Quàng Ninh. É constituída por milhares de monólitos de calcário, nos mais variados tamanhos e feitios, repletos de vegetação densa, que emergem das águas verdes do mar e pelo meio deles existem pequenas aldeias flutuantes.

Reza a lenda local que, há muito tempo, quando o Vietname lutava contra os invasores chineses, os deuses enviaram uma família de dragões para ajudar a defender a terra. Esses animais míticos começaram a cuspir joias e jade, que depois se transformaram em ilhas e ilhotas, formando uma parede contra os invasores. O povo manteve as suas terras seguras e formou o que mais tarde viria a ser o Vietname. Após a invasão, os dragões estavam interessados em manter-se na terra, num local pacífico e belo; assim, decidiram ficar a viver na baía. O local onde a mãe-dragão desceu foi batizado de Há Long (long = dragão).

Halong Bay

As ilhas tiveram origem a partir de sedimentos calcários depositados no fundo de um antigo oceano. Como o mar subiu e desceu ao longo de milénios, o calcário macio foi facilmente moldado em enormes monólitos (os geólogos chamam-lhes formações cársicas), como vemos hoje. Devido à sua formação natural, a maioria das ilhas são inabitadas, mas donas de uma beleza notável e verdadeiramente mágica.

Nas águas mais baixas existem mais de 200 espécies de peixes e 450 tipos diferentes de moluscos. Muitas vezes, a forma de uma ilha determina o seu nome, como Voi Islet (elefante), Choi Ga Islet (luta de galos) e Nha Mai Islet (telhado). Aves e animais, incluindo antílopes, macacos e iguanas, vivem em algumas das ilhas. Por exemplo, Cat Ba Island é uma Reserva da Biosfera da ONU e lar de muitas espécies raras.

Como chegar

Há duas formas básicas para se chegar à baía. A mais normal é embarcar numa excursão desde Hanói. Não é a forma mais aventureira de chegar até lá, mas pode evitar muitas dores de cabeça, tanto no que respeita ao transporte como à hospedagem. Os passeios, o tempo de duração e os preços variam bastante. A segunda alternativa é apanhar um autocarro, também a partir de Hanói, com preços e saídas igualmente variáveis. A viagem dura cerca de quatro horas e meia.

Passeios obrigatórios
e inesquecíveis

Halong Bay é um importante destino turístico, mas não desanime se encontrar verdadeiras multidões. A área é grande o suficiente para haver lugar para todos. De modo a usufruir de uma experiência mais autêntica e inesquecível, compre um tour para duas noites num junk, barco típico, ou seja, uma silenciosa embarcação com velas inspirada nos antigos barcos chineses. Navegam pelas diversas ilhas, com paragens mais do que obrigatórias em cavernas com espaços imensos, onde é possível caminhar durante horas a fio. Também é possível fazer canoagem em algumas zonas e, na maior dessas ilhas, cat ba. Os tours incluem passeios de bicicleta por plantações de arroz e comunidades de camponeses. Dormir no barco também é uma opção; só deve ter cuidado em conhecer antecipadamente as condições de segurança, o quarto e as refeições servidas.

Uma ótima maneira de explorar e ver a baía é num caiaque. Pode escolher onde quer ir; as água são suaves e adequadas para pessoas com pouca prática. Pergunte no local onde pode alugar um caiaque, se o seu passeio não o incluir.

Halong Bay parece um daqueles cenários de filme, um lugar quase mágico, cercado de de mini-ilhas e um mar verde-esmeralda.
Passeio de caiaque em Halong Bay teste

Uma visita às cavernas

Saiba quais as cavernas mais conhecidas e que merecem a sua visita.

Sung Sot Cave (Surprise Cave)
Esta é uma das maiores e mais impressionantes e o seu nome foi atribuído pelos exploradores franceses que, quando a descobriram, em 1901, ficaram atónitos com a sua grandiosidade. Cinquenta passos levam até a entrada da caverna. De lá, continua por três grutas progressivamente maiores, cada uma decorada com estalactites e estalagmites que assumem formas diferentes, como um dragão, um tigre e um pinguim. Ao sair caverna, será recompensado com uma vista espetacular sobre a baía.

Dau Go Cave (Cave of the Stakes)
Segundo a lenda, as estacas de madeira que o general Tran Hung Dao usou para parar a frota Mongol foram armazenadas aqui. A gruta é composta por três câmaras. A primeira apresenta um pilar enorme que parece um monge a segurar uma bengala. A segunda leva a uma gruta enorme e a terceira apresenta formações espetaculares a imitar animais.

Trinh Nu Cave (Virgin Cave)
De acordo com a história, uma bela rapariga, em vez de se casar com um velho rei, fugiu para esta caverna e suicidou-se, transformando-se numa formação de rocha. Com túneis com mais de um quilómetro, é ideal para se fazerem passeios de barco noturnos.

Thien Cung Grotto (Cave Sky Palace)
Aqui, sobem-se escadas íngremes, através de um densa floresta, e entra-se numa câmara enorme, adornada com estalactites e estalagmites de todos os tipos.

Outros locais de interesse

Vilas flutuantes de pescadores
Uma comunidade de cerca de 1600 pessoas, que se dedica especialmente à pesca, vive em Halong Bay e está espalhada por várias vilas flutuantes. Pode
vê-las a partir dos passeios de barco ou no seu próprio caiaque. Os contrastes das cores das casinhas com o mar e a vegetação são impressionantes.

Vila de pescadores flutuantes

Cat Ba Island
Cat Ba tem cerca de 87 quilómetros quadrados e é a maior ilha da baía. Aproximadamente metade da sua área é coberta por um parque nacional, a Reserva da Biosfera da ONU, onde vivem algumas espécies raras de animais. Este parque enfrenta um constante desafio em proteger e manter a sua biodiversidade, incentivando, por isso, o turismo.

Bay Chan Beach e Quan Lan Beach
Bay Chan Beach e Quan Lan Beach são duas praias próximas que merecem uma visita. Vai sentir-se num verdadeiro paraíso.

Guia do Viajante

ver mapa maior

Halong Bay

onde dormir

Novotel Ha Long Bay

Halong Plaza Hotel

Royal International Hotel & Villas

Halong Spring Hotel

Halong Hidden Charm

Asean Halong Hotel

Royal Lotus Hotel Halong

Halong Pearl Hotel

Mithrin Hotel

Saigon Halong Hotel

Ocean Beach Resort

Golden Halong Hotel

Heritage Halong Hotel

onde comer

Co Ngu Restaurant

Phuong Vi

Halong Seafood Restaurant

Green Mango

Royal Restaurant

Van Song

costumes vietnamitas

Aqui vão algumas dicas para aproveitar ao máximo sua viagem ao Vietname

O povo vietnamita geralmente veste-se de modo discreto e modesto. Mas nas grandes cidades como Hanói, Saigon e Nha Trang, a mini-saia é bastante popular entte as raparigas. As roupas são um símbolo de status, e as marcas famosas são muito valorizadas. Os turistas também irão perceber que, ao vestirem-se de modo similar aos locais, estes mostrar-se-ão muito mais receptivos. Shorts curtos, mini-blusas e vestidos muito decotados não são roupas apropriadas para quem vai ao Vietname.

Demonstrações públicas de afeto entre pessoas de sexo oposto, como beijos e carinhos, não são socialmente aceites. Pessoas do mesmo sexo são freqüentemente vistas de mãos e braços dados, mas isto é considerado uma demonstração de amizade fraterna perfeitamente normal.

 

Peça sempre para tirar fotos das pessoas antes. Isto não costuma ser um problema, e muitas vezes eles é que lhe irão pedir para lhes tirar uma foto.

Quando estiver a tentar chamar a atenção de alguém na rua, acene com um movimento descendente de mão, com a palma virada para baixo. Fazer um sinal curvando o seu dedo indicador (como nós ocidentais costumamos fazer) é considerado rude.

Esteja preparado para ouvir  todo o tipo de perguntas pessoais como "Quantos anos tem?", "É casado?", "Por que não é casado?', "Quanto ganha?", e até perguntas relacionadas às suas caraterísticas físicas. Os vietnamitas são pequenos e leves, portanto ficam bastante impressionados quando encontram um turista  mais "encorpado" ou muito alto, facto que comentarão até à exaustão e de um modo   divertido, pois os vietnamitas têm um ótimo senso de humor.

informações

Moeda
Dong

Idioma
Vietnamita. O inglês é usado nos hotéis.

Documentos
Passaporte, cujo prazo de validade mínimo seja, à data de entrada no país, de, pelo menos, seis meses.

Fuso horário
+ 6 horas (abril a outubro)
+ 7 horas (novembro a março).

clima

Sul: tropical.
Norte: chuvoso e quente, de maio a setembro, e quente e seco, de outubro a março.

 

Texto: Virgínia Esteves (virginia.esteves@impala.pt) | Fotos: Arquivo Impala, Wiki Commons e Flickr
edição 6 a próxima viagem