página anterior
página seguinte
 Kruger Park - Santuário da vida selvagem africana
Próxima Viagem Kruger Park

A imprevisibilidade da savana, a emoção e a adrenalina que se sente quando se vê um dos animais de grande porte são únicas. Sentir e tocar a vida animal no seu habitat, são momentos que guardará para sempre.

Kruger Park

Mundialmente conhecido, o famoso Kruger National Park oferece uma experiência de vida selvagem, que se classifica como a melhor de África. Este parque nacional sul-africano estende-se por cerca de 350 quilómetros, de norte a sul, ao longo da fronteira com Moçambique. Anualmente, recebe cerca de um milhão de turistas e é considerado um autêntico paraíso natural, visto que oferece uma inesquecível aventura aos amantes da vida animal, pois apresenta ao visitante 50 espécies diferentes de mamíferos e quase 500 espécies de pássaros. É o território dos big five, onde se podem observar, de perto, leões, leopardos, elefantes, búfalos e rinocerontes. A vegetação é também muito variada, possuindo mais de 300 espécies de árvores. Para além da paisagem natural, existe também cerca de uma centena de locais com vestígios de pinturas rupestres, feitas por boxímanes, e à volta de 300 lugares com vestígios da Idade da Pedra, comprovados pelo Departamento de Arqueologia da Universidade de Pretória.

Em 1926, foi nomeada oficialmente reserva natural e declarada o primeiro parque natural da África do Sul, depois de Paul Kruger (um herói de guerra) ter alertado as autoridades da ameaça de extinção que os animais da região estavam a sofrer devido ao excesso de caça.

Safaris inesquecíveis

Os safaris por esta reserva natural são, hoje, uma das principais atracções turísticas da África do Sul e é fácil perceber porquê, ao visitar o parque: o cheiro a terra africana e as cores da savana proporcionam momentos inesquecíveis. O Kruger oferece mais de três mil quilómetros de estradas para o turista aventureiro explorar e ocupa uma área que equivale quase a um terço de Portugal, com 350 quilómetros de norte a sul, e 60 quilómetros de largura, cobrindo quase dois milhões de hectares.

É impossível ficar indiferente ao cheiro a
África e a sua paisagem impressionante.

Porém, a grande emoção do Kruger Park é o facto de podermos, a qualquer instante, dar de caras com um animal selvagem.

O que fazer

Pode interagir com elefantes, fazer safaris nocturnos, voar 30 minutos num avião, visitar o centro de recuperação animal, fazer rafting, jogar golfe, andar de bicicleta de montanha, ir ao SPA,

fazer caminhadas, observar animais, entre tantas outras actividades.

Safaris durante o dia
Aqueles que procuram uma experiência mais autêntica da vida selvagem do que apenas um passeio de jeep, podem ir montados na traseira de um elefante, fazendo lentamente o seu caminho através das densas florestas. Este é um safari como nenhum outro, que está a tornar-se muito popular. Estar no meio da selva e interagir com estas criaturas poderosas é uma oportunidade que não deve ser desperdiçada.
Pode explorar o território sozinho, com o próprio carro (alugado), passando por estradas de alcatrão e caminhos de terra batida, e seguindo os mapas e advertências dos rangers do parque.

Safaris nocturnos
É também possível, numa das excursões nocturnas, jantar à luz das estrelas e experimentar a verdadeira gastronomia africana, no meio da savana, com a emoção de, a qualquer momento, poder ter um visitante inesperado.

As caminhadas na selva são acompanhadas por um ranger experiente, que ensina a identificar sons e cheiros, a seguir pegadas ou, “simplesmente”, a saber evitar o perigo.
É possível visitar o Centro de Reabilitação de Maholoholo, uma reserva que alberga os animais vindos de toda a áfrica do Sul, até estarem novamente saudáveis para serem reintroduzidos no seu habitat.

Guia do Viajante

ver mapa maior

portugal

onde ficar

Pestana Kruger Lodge

Mjejane River Lodge

Kapama River Lodge

Camp Shonga

Camp Shawn

Shishangeni Lodge

Hoyo Hoyo Tsonga

Jock Safari Lodge

Lion Sands River Lodge

Sabi Sabi Bush Lodge

Sabi Sabi Selati Camp

Sabi Sabi Earth Lodge

Lion Sands Ivory Lodge

onde comer

Cafetarias
As cafetarias dos diversos lodges são perfeitas para uma refeição rápida e casual. Desfrute de um pequeno-almoço a meio da manhã, um almoço rápido ou um jantar leve: café, saladas, massas, hambúrgueres, pratos frios e sanduíches-gourmet.
Também pode escolher entre uma variedade de bebidas quentes e frias.

Lower Sabie Skukuza

Satara

Pretoriuskop

Berg en Dal

Letaba

Olifants

Restaurantes
À hora do jantar, pode relaxar num ambiente tranquilo e elegante, num dos restaurantes existentes nos diversos lodges espalhados pelo Kruger National Park. Sente-se e absorva a maravilhosa paisagem, desfrutando de excelentes vistas e do ar fresco. O pequeno-almoço-buffet e o jantar são uma grande variedade, mas também pode escolher um prato do menu.

 

Churrascos
Não há nada melhor do que desfrutar de um churrasco ao ar livre a partir das 17h30m. Os chefs preparam uma refeição deliciosa, que inclui uma escolha de três carnes grelhadas, assim como saladas, pães e sobremesas. Uma maneira óptima de apreciar o sabor de África. Também pode desfrutar de um churrasco no meio do Parque Kruger, sob o céu nocturno. A noite começa com um safari pelo deserto, seguido de uma refeição deliciosa e de qualidade, uma oportunidade única de apreciar a vida selvagem nocturna. Este serviço está disponível em todos os acampamentos.

informações

Moeda
Rand sul-africano

Idioma
Inglês
Afrikaans

Documentos
Passaporte com validade mínima de seis meses

Fuso horário
+ 1 hora (Abril a Outubro)
+ 2 horas (Novembro a Março)

Saúde
Aconselha-se a profilaxia da malária

clima

A África do Sul pode ser visitada o ano todo. No Kruger National Park, durante o dia, faz muito calor e a noite é bastante fria. No Inverno, a média mínima é de 6º C e, no Verão, a máxima média é de 33º C.

 

ir para Quatro Estações Texto: Virgínia Esteves (virginia.esteves@impala.pt) | Fotos: Arquivo Impala, Sabi Sabi, Kruger Park
edição 4 a próxima viagem