página anterior
página seguinte
Assunção Uma das cidades mais antigas da América Latina
arquitectura Assunção

A capital do Paraguai, Assunção, é um dos pontos turísticos do país. Aqui pode ver de
perto a influência da cultura espanhola, especialmente, nas ruas e nos edifícios
perto do rio

Fundada como um forte a 15 de agosto de 1537, por Juan de Salazar de Espinoza, a capital do Paraguai, conhecida por a Mãe das Cidades e que ficou independente de Espanha em 1811, está assente sobre um terreno ondulado, cercado pelas suas “sete colinas” que, de alguma
maneira, imprimem as diferenças entre os diferentes bairros.

Com a sua arquitetura colonial preservada, Assunção faz parte do roteiro turístico da América Latina, mantendo as marcas da construção de um continente livre da metrópole europeia. Apresenta, com muito orgulho, a referência de suas raízes nativas, situação que deixa espaços equilibrados tanto para as origens do dominador espanhol quanto para as tradições dos indígenas guaranis. Outras marcas bastante evidentes, tanto na arquitetura quanto na cultura e na alma paraguaia, de certa forma, têm relação com as duas grandes guerras nas quais o país esteve envolvido. A da Tríplice Aliança – Brasil, Argentina e Uruguai – e a do Chaco, contra a Bolívia. Estes dois momentos históricos podem ser revividos em museus e centros culturais da cidade, responsáveis por proporcionar verdadeiras viagens no tempo.

panorama baía de Assunção

Graciosa

Geograficamente, Assunção localiza-se junto à baía de mesmo nome, na margem esquerda do rio Paraguai, no encontro com o rio Pilcomayo. Como o Paraguai não tem saída para o oceano, Assunção é detentora do principal porto do país.

Outra característica que chama a atenção na capital paraguaia é o extremo calor, com temperaturas médias que garantem sensação térmica superior a 40 graus frequentemente.

Atualmente, possui uma boa rede hoteleira, passeios públicos, shoppings e jardins bem conservados, que preservam muito da flora natural do país. No entanto, para quem visita Assunção, os passeios obrigatórios passam pelos museus, bibliotecas e as inúmeras construções históricas.

rio Pilcomayo

O que ver

Conhecer Assunção é muito fácil. Melhor ainda se tiver um mapa, que se pode obter, gratuitamente, num dos postos de informações turísticas do aeroporto ou na receção dos hotéis. Em dois dias é possível conhecer os principais pontos turísticos – a maior parte fica na área central e todos muito perto uns dos outros.

Catedral Nuestra Señora de la Asunción
Palacio del Gobierno
Catedral Nuestra Señora de la Asunción Palacio del Gobierno

A primeira diocese do Río de la Plata foi construída em meados do século XVI, num dos mais antigos e principais bairros da cidade. Depois do grande incêndio que arrasou a cidade em 1543, voltou-se a construir a igreja que dá nome ao bairro, no mesmo lugar.

A igreja, tal como está hoje, foi inaugurada em 1845. No seu interior funciona um museu.

Um belo edifício branco de estilo neoclássico, construído na segunda metade do século 19, é a sede da presidência paraguaia e um dos cartões de visita da cidade. Localizado em frente à baía de Assunção, o palácio tem a fachada voltada para essa baía desde a altura em que a principal entrada para a cidade se fazia pelas vias fluviais. Muitos dos móveis, estátuas e tapetes trazidos da Europa foram levados para o Brasil, durante a Guerra da Triple Aliança, pelos soldados da tropa de ocupação. Os jardins lembram os do Palácio de Versailles, em França, e merecem ser visitados. Visitas ao interior do edifício devem ser agendadas previamente.

Panteón de los Héroes
Centro Cultural da República
Panteão dos Herois Centro Cultural da República

Desde 1936, essa bela construção guarda restos mortais de políticos considerados heróis do Paraguai, como o marechal López. Foi construído, originalmente, para abrigar o Oratório da Virgem de Assunção. Uma atração imperdível no local é a apresentação de musicais e danças que acontecem na praça ao lado todos os sábados. O destaque vai para a curiosa Dança da Garrafa, em que mulheres dançam equilibrando na cabeça cerca de oito garrafas. O espetáculo é uma homenagem às que levavam na cabeça baldes com água ou aloha (bebida alcoólica feita com mel de cana negra) para os peregrinos que iam para as festas de santos patronos paraguaios, como San Blas (patrono do Paraguai) e a Virgen de las Mercedes.

É uma instituição cultural da cidade de Assunção, capital do Paraguai. Está sediada num edifício histórico do século XIX, que foi sede do Cabildo da cidade.

Ainda pode visitar
Museu do Barro

Museu de Barro
O local tem um bom acervo de imagens de santos, máscaras e costumes indígenas, assim como de arte contemporânea paraguaia.

Catedral Metropolitana
Sede da arquidiocese de Assunção, localiza-se em frente à Plaza Independencia, no centro da capital paraguaia.

Igreja de La Encarnación
Um templo de culto sob o título católico mariano de Nossa Senhora da Encarnação, localizado numa das colinas da cidade de Assunção.

Manzana de la Rivera – Casa Viola
Localizada em frente ao palácio presidencial, é uma série de antigas residências que foram restauradas e hoje funciona como um museu da evolução arquitetónica de Assunção. O edifício data de 1750 e ali funcionam uma galeria de arte e a biblioteca municipal.

Hotel Guarani

La Recova
É um dos edifícios mais antigos da cidade. É famoso pela variedade de artigos típicos que
ali existem.

Hotel Guaraní
É um edifício emblemático de Assunção. Com 13 andares, está localizado no centro da cidade, próximo da Plaza de la Democracia. De arquitetura moderna, foi aberto em 1961. Foi projetado com o objetivo de criar um símbolo urbano para a capital do Paraguai. Acolheu as principais personalidades que visitaram o país durante décadas, mas teve de ser fechado em 1996, afetado pelas crises económicas, voltando a abrir, completamente renovado, em 2008.

Congresso Nacional
Um dos edifícios mais impressionantes da cidade, o Congresso Nacional foi construído em 2002. O fator marcante do edifício é a sua fachada espelhada, que reflete as favelas próximas ao longo da margem do rio.

Guia do Viajante

ver mapa maior

Assunção

onde dormir

Hotel Maison Suisse

La Mision Hotel Boutique

Asuncion Palace Hotel

Villa Morra Suites

Sheraton Asuncion Hotel

Granados Park Hotel

Bourbon Conmebol Assunção Convention Hotel

Ibis Asuncion

Las Margaritas

Excelsior Inn

Guarani Esplendor Hotel

Crowne Plaza Asuncion Hotel

onde comer

A culinária paraguaia é muito rica e formada, basicamente, por pratos de origem indígena. Para começar, peça salgados, como a chipa (um bolinho feito com farinha, polvilho e queijo), a sopa paraguaia ou a chipa guazú, feita com milho fresco em grão. Os pratos típicos principais mais consumidos são o bori bori, um caldo local que leva carne ou frango, e o sozoapua, um bolinho feito com carne parecido com a almôndega.

Para se refrescar durante os dias de calor recorra ao terere, uma bebida típica consumida nas ruas de todo o país, preparada com o mate local e água fria. Vale a pena experimentar.

Restaurante Bolsi

Tierra Colorada

El Cafe de Aca

Mburicao Restaurante

Paulista Grill

Carmelitas Center

El Dorado

No Me Olvides

Le Moustier

Un Toro y Siete Vacas

Rolandi

O Gaucho

La Vienesa

Lido Bar

tours e passeios

Aconselha-se uma caminhada pela Calle Palma e um passeio pelo microcentro – há muitas construções coloniais dignas de serem vistas.

Visite a feira da Praça de la Democracia, em frente ao Hotel Guarani.

Faça um tour no Tren del Lago, passeio turístico até a cidade de Ypacarai, com direito a show folclórico e teatro a bordo, todos os sábados e domingos.

artesanato

São muitos os povoados de Assunção que oferecem um magnífico artesanato. Pode-se apreciar a sua arte nas cidades de Toabti, Ita, capital da cerâmica; Carepegua, onde se podem encontrar colchas e almofadas de algodão, fabricadas em antigas fábricas; ou San Miguel, considerada a capital do artesanato em lã.

informações

Nossa Senhora de Santa Maria da Assunção ou, simplesmente, Assunção, é a capital e a maior cidade da República do Paraguai.

Moeda
Guaranis

Idioma
Espanhol e guarani são as línguas oficiais do país. O português pode ser ouvido em diversos pontos da cidade, sobretudo, nas regiões de maior concentração turística, como o centro histórico. Em muitos estabelecimentos comerciais é possível comunicar-se em português.

Documentos
Passaporte

Fuso horário
- 3 horas

clima

Clima subtropical com temperaturas quentes no verão e temperadas nos meses de inverno. A temporada de chuvas estende-se de outubro até abril.

 

Texto: Virgínia Esteves (virginia.esteves@impala.pt) | Fotos: Arquivo Impala, Wiki Commons e Flickr
edição 11 a próxima viagem