10ª edição «De Tomar e dos Conventos»

10ª edição «De Tomar e dos Conventos»

10ª edição «De Tomar e dos Conventos»

Artigo de Redação

Este ano realiza-se a décima edição «De Tomar e dos Conventos». O mês de abril nesta cidade, significa que haverá iguarias para todas as pessoas, sendo que são cerca de 18 pastelarias, com mais de 30 doces locais e conventuais.

Os doces desta região têm como base o açúcar, a amêndoa e a gema de ovos, dando origem aos típicos: Estrelas de Tomar, Telhas do Convento, Espadas de D. Gualdim, tudo feito com receitas antigas e conventuais.

O doce mais típico e mais requisitado são as fatias de Tomar. Não se sabe ao certo de onde surgiu, mas sendo uma das lendas da cidade, este doce veio do Convento de Santa Iria de Tomar, que se situa no centro histórico da cidade. No entanto, dizia-se que era a sobremesa que os frades do Convento de Cristo mais gostavam. Este «pecado» tem como base um litro de água, gemas de ovo, mais precisamente 24 e um quilo de açúcar, para decorar poderá ter fios de ovos ou cerejas em calda.

Na Praça da República, dia 25 de abril das 15:00 às 18:30, as pastelarias vão para a rua, para mostrar o que cada uma faz de melhor, dando a ver como se faz cada doce e tendo à venda os produtos. Este é o dia do «Doce Passeio Doce».

As Pastelarias

Este ano 18 pastelarias aceitaram entrar neste passeio de Tomar, com o objetivo de dar a conhecer o que esta localidade tem de melhor na doçaria. A pastelaria mais antiga, Estrelas de Tomar vai estar presente como a Legenda Medieval, Palco d’Especiarias, Pimpinela do Nabão, A Rosa – Café dos Artistas, Rosa 1, Rosa 2, Rosa 3, Tomar Tropical 1, Tomar Tropical 2, Tomar Tropical 3, Tomar Tropical 4 (antigo Café Rialto),  Pic-Nic Alameda, Pic-Nic São João, Açúcar ao Quadrado, Requinte, Padaria Combatente e a pastelaria Templária.

Fotos retiradas do site Feira dos Sabores.

Compartilhe o artigo

Top